Home

Brasil volta a ter atuação irregular, fica no empate com o União e dá adeus à Segundona Gaúcha de maneira precoce


O Brasil precisava da vitória e de resultados paralelos para seguir à fase eliminatória da Segundona Gaúcha. Porém, embora o Esportivo não tenha saído de um 0 a 0 com o São Luiz, no 19 de Outubro, em Ijuí, o rubro-verde não conseguiu fazer sua parte em casa, ficou no empate com o União Frederiquense e, de maneira precoce, deu adeus à Segundona Gaúcha sem obter a vaga à etapa de quartas de final. 
A equipe farroupilhense, a exemplo do que havia ocorrido em Bento Gonçalves, diante do Esportivo, na última terça, não teve boa atuação. Após um 1º tempo em que deu apenas um chute a gol, de Capinha, por cima, após cruzamento de Raphael Alemão (foto acima), acabou sofrendo o gol em rápido contra-ataque do União, Cris Magno fez toda a jogada e rolou para Batista, que abriu o placar aos 7 minutos da etapa final. 
Ao rubro-verde só restava partir para o ataque. Aldir, de cabeça, aos 15 minutos, Capinha em cobrança de falta, aos 18 e, no minuto seguinte, Dinei, após escorada de Aldir, deram indícios de que o empate estava próximo. Mas os minutos foram passando e o placar seguia inalterado. O time visitante, por sua vez, não conseguia encaixar os contra-ataques, mas seguia muito bem defensivamente, segurando o marcador a seu favor. 
Depois de boa jogada de Matheus Laguna, Kessler chutou por cima o cruzamento. Willian Bones, aos 40 minutos, arriscou chute forte da entrada da área defendido por William Lago para escanteio. O gol chegou apenas aos 47 minutos. Laguna foi à linha de fundo e cruzou para Aldir marcar de cabeça seu nono gol na Segundona. Mas não havia tempo para mais nada. Com o empate o Brasil finalizou em 5º no Grupo B e foi eliminado.

A equipe voltou a apresentar um futebol irregular. Após uma etapa inicial ruim, o técnico Carlos Moraes sacou o lateral Lucas e colocou o atacante Matheus Laguna (foto acima), mas o União se fechou atrás. Os atacantes Kessler e Dinei entraram nos lugares de Raphael Alemão e Michel, que saiu lesionado, mas a equipe voltou a ter dificuldades em acionar Aldir (foto abaixo), que ficou novamente isolado à frente. A equipe farroupilhense encerra a temporada de maneira precoce e volta as atenções para 2018.

O time farroupilhense, após um ótimo turno, em que fez 13 pontos e atuou quatro vezes como visitante e três como mandante, mantendo os 100% nas Castanheiras, teve um returno muito irregular. Apesar de jogar quatro vezes em Farroupilha, venceu apenas um jogo, contra o Panambi, perdeu para o São Luiz e ficou no empate com o Glória e o União. Fora foi goleado pelo Lajeadense, perdeu o clássico para o Esportivo e apenas venceu o Tupi. Ou seja, fez apenas oito pontos em sete partidas na metade final da fase. Dos últimos cinco jogos, sendo três em Farroupilha, obteve apenas uma vitória.  
As quartas de final da Segundona Gaúcha ficaram com os seguintes cruzamentos: São Luiz (1º do Grupo B) x Aimoré (4º do Grupo A) pega o vencedor de Inter de Santa Maria (2º do Grupo A) x Glória (3º do Grupo B). No outro braço, o Avenida (1º do Grupo A) encara o Esportivo (4º do Grupo B) e o Lajeadense (2º do Grupo B) mede forças com o Pelotas (3º do Grupo A). Os primeiros e segundos colocados têm a vantagem de fazer o jogo decisivo em casa. 

Segundona Gaúcha (14ª e última rodada do Grupo B) 
Brasil   1
Ismael; Leo, Anderson e Raone; Lucas (Matheus Laguna), Maiquel, Capinha, Michel (Dinei) e Willian Bones; Raphael Alemão (Kessler) e Aldir
Técnico: Carlos Moraes
União   1
Willian Lago; Felipe Chagas, Sergipano, Miranda e Richard; João Paulo, Marcos Rhoden, Joãozinho e Cris Magno (Diógenes); Batista (Alison) e Queijinho (Murilo) 
Técnico: Júlio César Nunes 
Gols: Batista, para o União, aos 10 minutos do 2º tempo; e Aldir, para o Brasil, aos 47 do 2º tempo 
Cartões amarelos: Raone, Willian Bones e Raphael Alemão (Brasil); Miranda, Richard, João Paulo, Joãozinho e Queijinho (União) 
Arbitragem: Lucas Guimarães Horn, auxiliado por Antônio do Prado Albornoz e Michael Stanislau 
Local/Data: Estádio das Castanheiras, em Farroupilha / Dia 6 de maio de 2017